Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável

A gestão ambiental envolve a gestão de todos os componentes do meio ambiente biofísico, tanto vivos (bióticos) e não vivos (abióticos). Isto acontece devido a rede de relacionamentos entre todas as espécies vivas e dos seus habitats.

O meio ambiente envolve também as relações do ambiente humano, tais como a social, cultural e econômica com o meio ambiente biofísico.

Como acontecem com todas as funções de gestão, ferramentas de gestão eficazes, normas e sistemas são necessários. Um padrão de gestão ambiental se faz necessário na tentativa de reduzir o impacto ambiental, utilizando alguns critérios objetivos.

A norma ISO 14000 é o padrão internacional mais amplamente utilizado para a gestão de riscos ambientais.

gestão ambiental e desenvolvimento sustentavel

Desenvolvimento Sustentável

A idéia de desenvolvimento sustentável tem uma origem oficial na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento que foi criada pelo ONU com o objetivo de estabelecer parâmetros para o crescimento sustentável.

A idéia de desenvolvimento sustentável é integrar uma responsabilidade social e ambiental junto ao crescimento e desenvolvimento da sociedade. Desta maneira garantimos a harmonia e que as gerações futuras viverão em um planeta agradável.

O desenvolvimento sustentável é apoiado em três pilares essenciais. O desenvolvimento econômico, social, e a proteção ambiental. O desenvolvimento econômico continua acontecendo, mas junto com ele precisamos garantir um equilibro social.

As pessoas precisam de qualidade de vida, boa alimentação, moradia, entre outros. E por último, precisamos garantir a proteção ambiental quando buscamos o desenvolvimento social e econômico. Este equilíbrio é essencial.

O desenvolvimento deve ser integrado. Se o crescimento econômico acontecer, mas de maneira a concentrar a renda não mão de poucos, o desequilíbrio social prejudica a todos. E se este mesmo desenvolvimento econômico acontecer destruindo o planeta Terra, precisaremos gastar mais dinheiro que ganhamos para recuperar os danos causados.

O desenvolvimento de países emergentes

Há pessoas, inclusive certos presidentes, que pensam que os países emergentes têm o direito de poluir o planeta para ter o mesmo desenvolvimento dos países industrializados. Mas não há sustentabilidade nisso. Considerando as populações e o atual estado do planeta Terra, se isso acontecer, a poluição será tão absurda que destruirá o planeta.

O desenvolvimento sustentável é para todos, não interessando o grau de riqueza dos países. De qualquer forma os países pobres se beneficiam do desenvolvimento e do conhecimento obtido pelos países ricos. Afinal, você está sentado na frente de um computador, uma ferramenta que não foi inventada no Brasil.

O desenvolvimento sustentável é a única maneira aceitável de progresso. Como já diz Al Gore: “O que vale mais? Algumas barras de ouro ou o planeta?” Sem termos o planeta de nada nos serve o outro. O papel essencial da gestão ambiental é garantir a proteção ambiental no desenvolvimento econômico.

ISO 14000/14001

Outros sistemas de gestão ambiental tendem a se basear na norma ISO 14000, apenas expandindo o que diz esta norma. A ISO 14000/ISO 14001 define pontos importantes da gestão ambiental. Alguns deles são:

  • A gestão ambiental deve interagir com restante da empresa;
  • A ISO14001 é uma norma universal e é valida para qualquer tipo de empresa;
  • Esta norma ambiental interage com a norma internacional de qualidade ISO 9000;
  • O objetivo da ISO 14001 é criar, ou melhorar um sistema eficiente de gestão ambiental dentro da empresa, verificando se a empresa está cumprindo a legislação ambiental e outras normas importantes.

O ISO 14000 também é uma forma da empresa demonstrar para a sociedade que está cumprindo o seu papel de cuidar do meio ambiente.

Hoje as empresas devem cumprir diferentes legislações: federal, estadual e local. Normas e regulamentos ambientais vêm sendo cada vez mais comuns. É vital para proteger a sua empresa contra surpresas desagradáveis, sejam elas fiscais, financeiras, etc; cumprir as normas e leis. O ISO 14000 ajuda bastante neste aspecto.

Consultoria Ambiental

A consultoria ambiental é a área responsável pela regulamentação das atividades econômicas em relação ao meio ambiente. A legislação ambiental está cada vez mais exigente, trazendo uma série de fatores a serem examinados na hora de construir algo, ou realizar qualquer ação que possa ter um impacto ambiental. Por isso, a consultoria ambiental se tornou uma peça essencial dentro do mundo industrial.

Qualquer empresa que trabalhe com fatores de risco ao ambiente precisa de consultoria ambiental.

O papel da consultoria ambiental às empresas é esclarecer as limitações de certo empreendimento, por causa de questões ambientais. Muitas vezes o impacto de uma certa ação no meio ambiente é muito grande, trazendo uma inviabilidade ambiental.

Também é o papel do consultor ambiental encontrar maneiras de contornar o problema, achando a melhor solução, que não tenha o mesmo impacto ambiental.

O profissional que realiza consultoria ambiental usualmente é graduado em engenharia ambiental. Esta área de atuação é bastante nova, por isso não há muitos profissionais formados em engenharia ambiental no Brasil. Mas a exigência por este tipo de profissional no mercado de trabalho é crescente, devido a recente preocupação ambiental como uma tendência mundial.

Enquanto em algumas empresas há uma verdadeira preocupação com as questões ambientais, para outras, se tornar verde vem se mostrando uma verdadeira jogada de marketing para ganhar simpatia dos consumidores e da sociedade. Nos dois casos, a consultoria ambiental faz se necessária.

Direito Ambiental

O direito ambiental é o ramo do direito relacionado à proteção ambiental. A legislação ambiental forma um conjunto de normas que visam proteger o meio ambiente. O direito ambiental é um ramo jurídico complicado, devido ao número elevado de normas nesta área, além de uma linguagem técnica muito complexa.

O ser humano, historicamente, sempre tentou proteger a natureza. Assim como povos indígenas respeitavam a natureza como um deus, e agricultores dos tempos muito antigos deixavam a terra em repouso para que esta pudesse recuperar seus nutrientes.

Mas é desde a metade do século passado que as pessoas passaram a se preocupar mais com a natureza e então as questões do meio ambiente passaram a ser tópicos de discussão política. Consequentemente surgiu o direito ambiental.

Direito ambiental no Brasil

A legislação ambiental brasileira ainda é muito ineficiente para os novos padrões de gestão ambiental. Os crimes ambientais no Brasil têm punições muito leves, o que é um convite para o crime ambiental.

O Brasil é o país com mais desmatamentos no mundo. Isso ocorre exatamente por não haver uma legislação dura de combate ao desmatamento, assim como não há a devida fiscalização das matas nacionais.

Gestão de Resíduos no Brasil.